Sinapse da Inovação seleciona projeto de Herval D’Oeste 

Para 2018, o Sinapse envolveu a análise de mais de 8,3 mil ideias inovadoras vindas de 90% dos municípios catarinenses. Os 100 projetos contemplados representam praticamente todas as regiões do estado, sendo que as cidades com maior número de empreendimentos selecionados foram Florianópolis, Joinville e Lages.

Entre os selecionados está a jovem de Herval do Oeste, Ghisana Fedrigo. Cursando a faculdade de Engenharia Mecânica a estudante pretende, em breve, colocar no mercado instrumentos para cirurgias minimamente invasivas. “O que temos hoje é tecnologia importada que elava os custos dos procedimentos. A ideia é desenvolver instrumentais de tão boa qualidade e com preço mais acessível”, contou a jovem selecionada no Sinapse deste ano. “Saber que alguém está acreditando na ideia da gente já é um bom começo para alcançarmos um objetivo”, acrescentou.

Os projetos selecionados na sexta edição estão ligados às temáticas da Tecnologia da Informação e Comunicação, Eletrônica, Tecnologia Social, Gestão, Biotecnologia, Mecatrônica, Nanotecnologia, Química e Materiais e Design.

“Com mais uma edição que reúne 100 novas ideias, o Governo do Estado solidifica uma política pública de apoio às ideias inovadoras que vão retribuir a esse investimento gerando empregos, oportunidades e desenvolvimento em todas as regiões do nosso estado”, destacou o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Sustentável, Carlos Chiodini.

Em Santa Catarina, o Sinapse da Inovação já gerou 385 empresas e mais de 1,5 mil empregos diretos, 151 patentes, além de exportações para 36 países. Mais de 5% do PIB catarinense vêm de empresas inovadoras que, juntas, têm faturamento superior a R$ 10 bilhões, segundo a Acate.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *