Projeto “Joaçaba tem Cultura” vai liberar R$ 50 mil em incentivo de fomento para artistas locais

O Projeto “Joaçaba tem Cultura”, que engloba as atividades culturais previstas no município para o ano de 2018, além da divulgação de diversas novas oportunidades para os artistas locais de todas as áreas, foi apresentado na quarta-feira (7)  na Casa da Cultura Rogério Sganzerla. Estiveram presentes no evento o prefeito Dioclésio Ragnini, o vice-prefeito Jucelino Ferraz, secretários municipais, membros do Conselho Municipal de Políticas Culturais, profissionais da educação, presidentes de entidades e artistas locais.

A grande novidade contemplada neste projeto é a liberação de recursos no valor de R$ 50 mil para atividades culturais, através de edital, onde os artistas poderão inscrever seus projetos e promover suas atividades culturais. Além desse, o edital “Nesta casa tem cultura” também será aberto para selecionar exposições de artistas plásticos e apresentações culturais para a Casa da Cultura. Outra ação, que estará acontecendo de forma permanente, é o cadastro de artistas e equipamentos de cultura, através de um formulário online, que será disponibilizado aos artistas. Além disso, também será realizado o 1º Concurso de Poesia Miguel Kopstein Russowsky. Os editais estão previstos para abrir a partir do mês de abril.

Além dessas ações, será promovido diversas atividades culturais, como a 10º Oliejho Cultural, Feiras Multiculturais (dia 18 de março acontece a próxima), eventos em parceria com entidades, 2º Fórum de Políticas Culturas, entre outros eventos.

De acordo com o Gerente de Cultura, Alexandre Santos, além dessas atividades também será desenvolvido o Plano Municipal de Cultura. “Este ano será um ano de bastante trabalho para a cultura de Joaçaba, pois além de promovermos diversas atividades, também teremos o desafio de começarmos a desenvolver o Plano Municipal de Cultura, que é um documento que vai ser discutido com o conselho, com a classe artística e toda comunidade. O Plano Municipal de Cultura é um planejamento dos rumos que a cultura Joaçaba deve seguir no âmbito das políticas culturais. Nós aprovamos agora no final do ano a Lei que cria o Sistema Municipal de Cultura, o que nos dá a obrigação de criar este plano”, afirmou Alexandre.

No evento, também aconteceu o lançamento da exposição “Sentido Figurado”, com os trabalhos das alunas das oficinas da Casa da Cultura Rogério Sganzerla. A exposição ficará aberta para visitação até dia 21 de março. Teve ainda a apresentação dos artistas Juliano Lechner e Maria Danieli.

(Fonte: Marivania Carvalho da Silva/Assessoria de Imprensa)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *