Um vinho, elegante, macio e fácil de beber

Rodrigo Leitão
jornalismo@raizesdiario.com.br

Falo do Cellier du Rhône 2014, um ótimo custo-benefício francês que está na gôndola da Adega Colmeia Center. Custa R$ 62,79 ( 15,61 euros ou 18 dólares, na cotação de ontem). Este é um vinho símbolo da região sul do Vale do Rio Rhône, na França, onde se produz vinhos quentes, picantes, capazes de acompanhar embutidos, queijos forte e carnes mais gordas, a partir das uvas Carignan, Grenache e Syrah. Para ser uma apelação de origem controlada (AOC) daquela região, pelos menos duas dessa uvas, numa concentração superior a 50% devem integrar o vinho base. Isso quer dizer que se trata de um vinho village, ou seja, de entrada da vinícola Pasquier Desvignes, cuja família homônima produz vinhos no Rhône e na Borgonha há cinco séculos.

Importado pela Cantu, o Cellier du Rhône 2014 é considerado um vinho de uma grande casa e, nessa versão 2014 trás uma uva a mais que a safra anterior. É composto por Carignan (55%), Syrah (30%) e Grenache (15%). Estagiou apenas três meses em tonéis de carvalho, o que permitiu enaltecer muito bem as frutas negras e vermelhas, aliadas a notas florais, terrosas e de especiarias que suas uvas sugerem no olfato e no paladar. É um vinho bem frutado e acessível, de  boa estrutura, acidez refrescante, taninos macios e final agradável. Vai te pedir mais uma golada!

Com graduação alcoólica de 13%, se posiciona como um vinho preparado para receber ao lado de um cordeiro macio, vitela ou carne de porco, grelhados e pato (ou frango bem temperado). De cor rubi profundo, revela aroma intenso, fino, frutado com base picante. Muito fácil de beber. Temperatura de serviço: 18 graus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *