Gasolina vai ficar mais barata

A Petrobras anunciou nesta sexta-feira, 16, a maior redução no valor da gasolina nas refinarias desde a adoção da atual política de preços, em julho de 2017.  A queda foi de 3,9%. A expectativa é de que o fim de semana seja de baixa de preços nas bombas dos postos de combustíveis.

Os consumidores, ressaltam os especialistas, devem priorizar os preços mais baixos. Em tempos de crise, como o que estamos vivendo, qualquer real economizado fará diferença no fim do mês. O governo está de olho para ver se os postos repassarão às bombas os valores mais baixos nas refinarias. O Palácio do Planalto denunciou ao Conselho Administrativo de Defesa da Concorrência (Cade) a formação de cartel no setor de combustíveis em todo o país.

Pelos cálculos dos especialistas, com a queda de 3,9% desta sexta-feira, a gasolina, que chegou a acumular alta de mais de 20%, aponta, agora, aumento de 6% desde julho passado. Eles ressaltam que, em pouco mais de uma semana, a Petrobras fez dois cortes expressivos nos preços da gasolina. Em 9 de fevereiro, por exemplo, o valor da gasolina havia caído 3%. As justificativas da estatal para esse movimento são a queda do petróleo no mercado internacional e a estabilidade das cotações do dólar.

A Petrobras também anunciou redução nos preços do diesel nas refinarias de 2,3%. Se repassado às bombas, o recuo de preços ajudará a reduzir os preços dos fretes, uma boa notícia para a inflação. Segundo o sindicato que representa os postos, os quase 40 mil estabelecimentos que concorrem no mercado não repassam as decisões da Petrobras imediatamente para os consumidores.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *